terça-feira, setembro 01, 2009

Poesia

ANÚNCIO - VENDO
(04/08/04 Cláudia)

Vendo uma cama grande demais
alguns cabides nus
duas gavetas vazias
um copo com hálito
e tres cobertas frias.

Vendo um cinzeiro com baganas
umas gravatas bacanas
um travesseiro de penas
meu eu entre as pernas.

Vendo a copia da chave
um shampoo pela metade
um velho aparelho de barbear
e ganhe grátis o meu ar.

Vendo uma escova de dentes usada
e um creme dental apertado no meio.
Vendo os meus dois seios
e minha camisola rendada.

Vendo um criado-mudo
cheio de fotos deixadas.
vendo meu album de casamento
da lua-de-mel
e de noites estreladas.

Vendo o meu coração em pedaços
meu corpo aos trapos
minha boca beijada.

Vendo tudo o que foi
tudo o que está.
Vendo quase nada.



Vendo
(04/08/04 Everton)

Dois olhos gastos
Um pedaço de sonho
Velho mas intacto
Vendo fatos leves
E uma lágrima santa

Raridade

Vendo uma saudade
Grande
E um sorriso torto
Caiu no chão

Pequeno acidente

Vendo
Duas mãos espalmadas
Feias de dureza
Mas ainda sensíveis ao toque
De um rosto

Vendo
Dois lábios calados
Com um pequeno defeito
Só se abrem para beijos verdadeiros

Vendo um coração sem jeito
Um pouco antigo
Fora de compasso
Em pedaços
Mas com belos traços de carinho
A quem se interessar
O amor vem junto
A quem jurar paixão,
Alugo

E para quem conseguir juntar as partes
O coração é grátis


Compro
(05/08/04 Maia)

uns sonhos loucos
pensamentos soltos
sentimentos doidos

agora

Compro
uma vontade de estar perto
urgência sem remédio
saudade sem tédio

sem demora

Compro
um sorriso aberto
sem medo
sem graça
sem vergonha

sempre

Compro
um corpo quente
pras mãos frias
a febre
sem mazela conhecida

diariamente

Compro
uns lábios macios
de vontade
uma boca molhada
de saciedade

Compro
um coração
acostumado com a queda
feito colcha de retalho
a mais bela
um peito aberto pra janela

Compro tudo isso
e um pouco mais
compro de mim mesma
e guardo pra ti
pra quando chegares de longe
e não quiseres mais partir


Snow... bom, eu só fiz mesmo foi me emocionar com isso. O autores são da Jucunditas.

4 comentários:

GAbiRu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
GAbiRu disse...

gostei. duca.

Bolinho de Chuva disse...

muito lindo...expressa os sentimentos mais profundos!

Ilmaralina disse...

Saudades de tuas palavras...cadê você menina? Um beijo!